(61) 3963-4555

Seminário Enade 2017 discutirá operação de inscrição e aplicação do exame

Em 1º de junho, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) receberá em sua sede, em Brasília, representantes de Instituições de Ensino Superior (IES) de todo o país para seu tradicional Seminário Enade. O encontro, realizado todos os anos, debate temas voltados para os cursos que serão avaliados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em cada edição. Este ano, pela primeira vez, o Seminário Enade terá transmissão ao vivo, no portal do Inep. O objetivo é permitir que Procuradores Institucionais (PI) e coordenadores de curso das mais de 2.390 IES distribuídas pelo país possam conhecer melhor aspectos operacionais de inscrição e aplicação do exame.

A programação do Seminário Enade 2017 inclui palestras sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e o Enade, e a forma como o Exame permite produzir os Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Será apresentado o fluxograma da elaboração da prova, novidades na edição 2017 e detalhes sobre o Sistema Enade. O seminário será aberto às 9h, com a presença da presidente do Inep, Maria Inês Fini; do diretor de Avaliação da Educação Superior, Rui Barbosa de Brito Júnior; da diretora de Gestão e Planejamento, Eunice de Oliveira Ferreira Santos, além do Presidente da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior, Paulo Antônio Gomes Cardim.

Enade 2017 – Nesta edição, com aplicação em 26 de novembro, o Enade é direcionado aos estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de Artes Visuais, Educação Física, Letras-Português e Espanhol, Letras-Português e Inglês, Letras-Inglês, Música e Pedagogia; e dos cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Produção Industrial, Redes de Computadores e Gestão da Tecnologia da Informação.

FONTE: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/id/801910