(61) 3963-4555

Estudos buscam soluções para evitar a evasão de alunos

evasão de alunos nas universidades, principalmente nos cursos a distância, é um dos desafios do ensino superior brasileiro. Para evitar o abandono, três grupos estudaram o tema e desenvolveram ferramentas que podem auxiliar as instituições.

O grupo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, do pesquisador Ricardo Marcacini, desenvolveu o trabalho com base em dados que a instituição colhe dos estudantes para predizer quais aqueles que correm maior risco de evasão. “A ideia é olhar para comportamentos e padrões de estudantes que já desistiram no passado e ver se os estudantes matriculados estão no grupo de risco de evasão da universidade”.

Na mesma linha, a solução oferecida pelo projeto do professor Luciano Emílio Hack, da Universidade do Estado de Santa Catarina, foi analisar os dados e propor ações motivadoras de imediato com os alunos. “O que propomos no nosso projeto é adaptar a ferramenta para a Universidade Aberta do Brasil”.

O foco dos pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi entender o que gera desânimo nos estudantes de ambientes virtuais. O projeto de Luís Augusto Weber, pesquisador, traçou a correlação entre a evasão e a falta de ânimo nos alunos. “Procuramos criar um modelo para identificar o desânimo e fornecer para o professor indicativos para ele tomar alguma atitude”.

Os projetos foram apresentados no 1º Workshop de Inovação da Diretoria de Educação a Distância da CAPES. Ao todo, 19 pesquisas para aprimorar o ensino a distância foram financiadas pela CAPES. Todos possuem código aberto para uso.

FONTE: http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/9289-estudos-buscam-solucoes-para-evitar-a-evasao-de-alunos