(61) 3963-4555

Inep recebe inscrições para o Enem 2019 em sistema inovador e mais interativo

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 começaram às 10h desta segunda-feira, 6 de maio. O sistema de inscrição criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para a 22ª edição do Exame é mais interativo e traz entre as novidades o formato de chat com orientações diretas sobre todo o processo. A interface também é mais amigável e o sistema permite upload opcional de foto do participante. Para auxiliar os interessados, o Inep preparou um passo a passo da inscrição, com descrição de todas as etapas. As inscrições ficam abertas até 23h59 do dia 17 de maio, na Página do Participante, que pode ser acessado pelo endereço enem.inep.gov.br/participante. Deve ser considerado o Horário de Brasília – DF.

Leia mais:Inep recebe inscrições para o Enem 2019 em sistema inovador e mais interativo

Conselho diz que não tem competência para definir investimento por aluno na educação pública

Órgão argumenta que os indicadores para determinação dos valores nunca foram homologados pelo MEC, o que dificulta a validação das regras para os repasses financeiros.

O Conselho Nacional de Educação (CNE) "devolveu" ao Ministério da Educação, nesta terça-feira (26), a responsabilidade de determinar os valores mínimos que deverão ser investidos por aluno na rede pública. Segundo o CNE, o próprio ministério é quem tem a competência de estabelecer esses valores.

Leia mais:Conselho diz que não tem competência para definir investimento por aluno na educação pública

Prouni 2019 divulga o resultado da segunda chamada; veja como consultar

Candidatos terão até o dia 27 de fevereiro para entregar documentos que comprovem o cumprimento dos requisitos e, assim, garantir a matrícula.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta (20) o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2019.

Leia mais:Prouni 2019 divulga o resultado da segunda chamada; veja como consultar

MEC publica portaria que regula emissão de diploma digital

O Ministério da Educação publicou nesta terça-feira, 12, a Portaria nº 554, que regulamenta o registro e a emissão de diploma digital pelas instituições de ensino superior que compõem o Sistema Federal de Ensino. Esta é a segunda portaria que trata sobre o diploma digital e visa proporcionar às mais de 2,4 mil instituições o passo a passo para implementar o novo formato.

Leia mais:MEC publica portaria que regula emissão de diploma digital

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - Credenciamento de instituições será revisado e aprimorado

O Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Regulação e Supervisão Superior (Seres), identificou a necessidade de revisar os processos de credenciamento de novos polos de apoio presencial para cursos de Educação a Distância (EaD). A preocupação se dá pelo expressivo crescimento do setor, que em apenas dois anos aumentou mais de 120%.

Leia mais:EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - Credenciamento de instituições será revisado e aprimorado

Avaliadores do BASis especializados nos instrumentos anteriores a 2018 terão nova capacitação

Cerca de 600 integrantes do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis) foram convocados para compor as novas salas de capacitação montadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na Plataforma Moodle. A capacitação tem início nesta quinta-feira, 21 de fevereiro. A Diretoria de Avaliação da Educação Superior (DAES) promoverá, inicialmente, cinco salas de capacitação direcionadas à primeira turma do BASis, que é composta por integrantes vinculados aos instrumentos de avaliação anteriores à 2018.

Leia mais:Avaliadores do BASis especializados nos instrumentos anteriores a 2018 terão nova capacitação

Ministérios da Educação e da Justiça assinam acordo para investigar 'indícios de corrupção' no MEC

Em comunicado, MEC afirmou que acordo é 'marco inicial' de uma 'ampla investigação interministerial' sobre possíveis atos de corrupção em programas da pasta.

O Ministério da Educação anunciou, na tarde desta quinta-feira (14), o início de uma "ampla investigação interministerial" de indícios de corrupção em ações da pasta. Em um comunicado, o MEC afirmou que o ministro Ricardo Vélez Rodríguez assinou um "protocolo de intenções" com o Ministério da Justiça para "apurar indícios de corrupção, desvios e outros tipos de atos lesivos à administração pública no âmbito do MEC e de suas autarquias nas gestões anteriores".

Leia mais:Ministérios da Educação e da Justiça assinam acordo para investigar 'indícios de corrupção' no MEC